Curso de Formação

Definir um Programa de Identificação, Remoção e Gestão de Amianto em Edifícios

Definir um Programa de Identificação, Remoção e Gestão de Amianto em Edifícios
Período de Candidaturas

17 dez 2019 a 21 jan 2020

Datas do Curso

Regime

Preço

184,50 EUR

Duração

8 horas

Apresentação

O amianto é uma fibra natural que está presente em algumas das construções existentes, já que na indústria da construção civil, o amianto foi utilizado (DGS, 2018) nos seguintes elementos e materiais de construção: pavimentos; placas de tecto falso; produtos e materiais de revestimento e enchimento; portas corta-fogo; portas de courettes; paredes divisórias pré-fabricadas; elementos pré-fabricados constituídos por fibrocimento; tijolos refratários; telhas; pintura texturizada; caldeiras (revestimentos e apoios); impermeabilização de coberturas e caleiras. Em casos muitos excepcionais pode ocorrer também em isolamento de tubagens de água quente; isolamento de antigos aquecedores domésticos; isolamento de fogões; materiais de isolamento de tectos. O perigo do amianto decorre sobretudo da inalação das fibras libertadas para o ar, nomeadamente quanto pode haver libertação dos materiais referidos. Em Portugal, foi proibida a utilização/comercialização de amianto e/ou produtos que o contenham a partir de 1 de Janeiro de 2005, de acordo com o disposto na Diretiva 2003/18/CE transposta para o direito interno através do Decreto-Lein.º101/2005, de 23 de Junho. Os seus riscos para a saúde humana motivam e obrigam à necessidade de assegurar a sua gestão e remoção. A sua identificação e desenvolvimento de um plano de intervenção é um dos aspectos para os quais se tem salientando a necessidade de assegurar competências. Este curso pretende contribuir nesta vertente específica. DGS(2018). Amianto. https://www.dgs.pt/paginas-de-sistema/saude-de-a-a-z/amianto.aspx

A FUNDEC reserva-se no direito de adiar o curso, caso não atinja o número mínimo de formandos.

Objetivos

Definir formas de identificar o amianto presente nos edifícios, incluindo análise de informação existente e definição de programas analíticos, bem como definição das prioridades de intervenção e sugerir o plano das intervenções e remoção do amianto.

Perfil de candidato

Engenheiros civis, arquitectos, engenheiros do ambiente, outros profissionais destas áreas e da sustentabilidade, desde o projecto, consultoria, construção/reabilitação à desconstrução, incluindo empresas de fornecimentos de materiais e sistemas para o edificado e infraestruturas.

Coordenadores

  1. Manuel Duarte Pinheiro
    Manuel Duarte Pinheiro

    Manuel Duarte Pinheiro

    fundec@tecnico.ulisboa.pt

    Ver mais
    Licenciado em Engenharia do Ambiente pela FCT/UNL (1985), Doutorado com tese sobre Sistemas de Gestão Ambiental para a Construção Sustentável. É professor do Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos do Técnico, onde é responsável por disciplinas de Impactes Ambientais, Gestão Ambiental e Sustentabilidade.

Bolsas e Descontos

Preço:

Presencial: 184,5€  (150€+IVA)

Online: 75€ (92,25€+IVA)

IVA=23%

Plano de Estudos

Localização: IST-DECivil

Horário: 9h00 às 18h00

O programa do curso abrange a precisão de conceitos, abordagem e a sua exemplificação com apresentação de casos práticos:

Módulo Formador ECTS
Introdução amianto, características, tipologias, requisitos legais
  • Manuel Duarte Pinheiro
Programa para caracterização (informação documental e analítica). Análise de dados e critérios de identificação de materiais com potencial de ter amianto.
  • Manuel Duarte Pinheiro
Análise de riscos e definição de prioridades. Tipologias de situação e intervenções.
  • Manuel Duarte Pinheiro
Definição do programa de intervenção: Prioridades, actividadesa efectuar, orçamentação, recursos necessários, contratação (empresas acreditadas), calendarização.
  • Manuel Duarte Pinheiro

Em Cooperação Com

Mais informações e inscrições

Para mais informações sobre este curso, por favor descarregue a brochura do curso ou contacte os serviços do Técnico+.

Brochura do Curso Inscreva-se já!

Elogios, sugestões ou reclamações?